Comer pouco engorda!

Por 26 de Março de 2018Artigos

Quando querem emagrecer, algumas pessoas fazem dietas malucas ou até ficam sem comer, mas essas práticas são prejudiciais à saúde e podem ter o efeito contrário

Na busca pelo emagrecimento, várias pessoas acabam cometendo vários erros que, além de prejudicar a saúde, podem ter o efeito contrário do esperado, fazendo com que a pessoa engorde em longo prazo. Ficar horas sem comer, pular refeições e diminuir drasticamente a quantidade de comida são algumas das mudanças radicais que podem provocar anemia, causa uma baixa da imunidade e atrapalhar o regime (nesse caso nem podemos chamar de reeducação alimentar!).

Quando pulamos uma refeição, deixando de almoçar, por exemplo, privamos o organismo de nutrientes essenciais e colaboramos para que o metabolismo fique mais lento. Além disso, o corpo pode entender que estamos passando por um período de dificuldades em encontrar alimentos, e passa a entender que é necessário armazenar energia em forma de gordura, para garantir que o organismo sobreviva até a próxima refeição. A fome que sentimos também pode causar danos para a dieta, fazendo com que seja mais fácil exagerar na próxima refeição.

No caso de pular o café da manhã, o enorme jejum até a hora do almoço é ainda pior, deixando o metabolismo lento e atrapalhando o nosso rendimento durante o dia. Esse estado metabólico deixa o organismo mais fraco e reduz a quantidade de energia que gastamos ao longo do dia.

E nada de fazer mudanças radicais! Quando a alimentação é modificada de forma muito súbita e a quantidade de alimentos fica muito reduzida, o metabolismo fica muito mais lento, e a perda de calorias – que pode parecer muito grande no início – fica prejudicada e acaba sendo muito menor.

Além disso, pessoas que fazem uma dieta sem orientação tendem a escolher alimentos que parecem leves, mas que nem sempre são adequados. Torradas, por exemplo, possuem a mesma quantidade de carboidratos que um pão comum, mas sem a mesma quantidade de nutrientes.

Para seguir uma dieta eficiente e saudável, a melhor opção é sempre procurar um profissional que poderá ajudá-lo a atingir o seu objetivo. Esse profissional poderá avaliar as necessidades do seu organismo e suas expectativas e, assim, montar um cronograma alimentar a ser seguido – junto com outros hábitos, como a prática de exercícios físicos.